Conheça o Tour pelo Patrimônio da Biodiversidade em Seychelles

Seychelles, o paraíso do Oceano Índico, é formado por uma exuberante vegetação e uma abundância de plantas com propriedades medicinais. A história do uso de ervas nas ilhas está entrelaçada com a cultura local creole e é transmitida de geração em geração.

O novo serviço oferecido pelo National Biodiversity Centre in Barbarons (Centro Nacional de Biodiversidade em Barbarons), a 30 minutos de carro de Victoria, evidencia o patrimônio natural visível em toda ilha com a assistência da guia turística interna Sra. Marie Rosaline. O tour tem como principal missão educar os moradores e turistas sobre este elemento tradicional que está desaparecendo rapidamente.

A vasta coleção de espécies de plantas nativas abrigadas pelo centro, serve como roteiro para um passeio de 15 a 20 minutos pelo patrimônio da biodiversidade. Consiste em percorrer seis seções distintas, cada qual com características variadas, no intuito de conhecer as 115 plantas exibidas. Dentre elas, vinte e nove são endêmicas e dezesseis são nativas de Seychelles. Conheça a seguir algumas das surpresas que poderão ser encontradas na rota:

Floresta de palmeiras

A trilha tem início na floresta de palmeiras perto da entrada, onde é possível ter uma bela vista do sol batendo no topo da floresta tropical. Além disso, é possível encontrar placas indicando palmeiras endêmicas detalhando as seis espécies de palmeiras nativas que coexistem lá, incluindo as raras plantações do Coco de Mer.

Abelhas

À medida que os visitantes sobem em direção à floresta de Pandanus, é possível visualizar um pequeno apiário de cinco construções, geralmente de lados abertos e com cobertura de madeira ao lado esquerdo da trilha. O guia turístico irá esclarecer mais sobre o saboroso mel local armazenado nessas colmeias.

Floresta Pandanus

A caminhada continua pela floresta de pandanus, passando pelas raízes salientes das árvores Vakwa Parasol, Vakwa Maron e Vakwa Montany. Segundo os contos infantis, as raízes das árvores já tiveram uma ligação direta com o órgão reprodutor masculino e, além disso, foram colhidas pelos benefícios terapêuticos provenientes das raízes.

O sol guia os visitantes para fora da cobertura espessa de Vakwa indo de encontro a grama exuberante que se estende pelo resto do jardim. A vegetação chega até onde os olhos podem ver, uma ótima oportunidade para fotos ao longo do caminho.

Arboreto

Após uma curta caminhada em declive, o guia abrirá caminho para a paisagem que deixa todos os visitantes maravilhados. As impressões iniciais são semelhantes a entrar em uma miniatura de um parque jurássico. A área é um centro para ambientalistas, onde estão as árvores conservadas para pesquisa, além de oferecer um local para visitantes e organizações locais plantarem árvores no decorrer do gramado.

Horta medicinal

Já no caminho de volta é possível encontrar uma placa indicando o ‘jardim medicinal’, ao lado de uma alta vegetação. Entre a folhagem, há várias plantas nativas, que possuem incríveis benefícios medicinais. A horta abriga produtos usados para tratamentos de condições como: Alzheimer, asma, inflamação gástrica, diabete e muitos mais. O guia turístico aponta que um dos tesouros de Seychelles, frequentemente esquecidos, são as riquezas medicinais e práticas tradicionais para cultivo das ervas.

Viveiro

Finalmente, o passeio chegará ao fim em uma série bem preservada de viveiros de plantas endêmicas e nativas. Os cuidadores do espaço encantam os visitantes com a disponibilidade de plantas, e na forma como incentivam os moradores locais a incorporar essas espécies em seus jardins por meio de vendas abertas pela região.

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Telegram
Email
X
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Área reservada para anuncio

378 x 296
🎙️MinutoCast