CulturaNews

Paraíba é o primeiro estado do Brasil a ter plano de ação aprovado pelo MinC para a Política Nacional Aldir Blanc de Fomento à Cultura

Internet divulgação

A Paraíba foi o primeiro estado brasileiro a ter o seu plano de ação aprovado pelo Ministério da Cultura (MinC) para a execução da Política Nacional Aldir Blanc (Pnab) de Fomento à Cultura. O envio do plano e sua respectiva aprovação é critério obrigatório para a liberação dos recursos por parte do Governo Federal, de forma que o estado é o primeiro do Brasil a garantir o repasse.

Toda a documentação foi preparada e enviada pelo Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Cultura da Paraíba (Secult-PB), que já tinha se destacado por ter sido a primeira secretaria de cultura do país a iniciar os debates sobre a Pnab e também por ter saído na frente na criação de um comitê consultivo com representantes da sociedade civil e do poder público para tratar da questão.

A previsão é que a Paraíba receba ainda em 2023 um valor de R$ 36 milhões para investimentos no setor cultural local e o plano de ações serve para definir qual vai ser a destinação geral desses recursos. “A Paraíba não tinha tempo a perder. Sabemos da importância que a Política Nacional Aldir Blanc tem para os artistas, para as comunidades tradicionais e para os trabalhadores do setor cultural e por isso nos antecipamos”, comemorou Pedro Santos, secretário estadual de Cultura.

Apesar da empolgação pela Paraíba ter sido pioneira nesse processo, ele destaca a grandiosidade do projeto. “O Ministério da Cultura vem tratando a Pnab como a maior política cultural do país. Então nós sabemos que isso é só o começo. Ainda temos muito trabalho pela frente”, completou Pedro.

De acordo com o plano de ações da Secult-PB, os investimentos vão ser concentrados em fomento cultural, reformas e aquisições de bens culturais, subsídio e manutenção de espaços e organizações culturais, implantação da Política Nacional de Cultura Viva, investimento em CEUs da Cultura e fomento de pontos e pontões de cultura em diferentes municípios paraibanos.

Segundo o cronograma estabelecido pela Secult-PB, nos próximos dias será definido um cronograma de debates com os diferentes setores da cultura paraibana para estabelecer de forma mais detalhada os critérios de seleção a serem incluídos nos editais da Pnab.

 A ideia da Secretaria é que a Aldir Blanc mantenha regras próximas àquelas já experimentadas na Lei Paulo Gustavo, que permitiu uma maior descentralização de recursos pelas diferentes regionais de cultura da Paraíba.

GovPB

Ana Celia Macedo
Ana Célia Macêdo é bacharela em Comunicação Social, com habilitação em jornalismo, pela Uninassau João Pessoa (PB) e Teóloga pela Faculdade Internacional Cidade Viva (PB). É membro da Abrajet e da API. Por sete anos foi editora do site de Comunicação para o Turismo e revista O Concierge. Também idealizou e produziu o Fórum Estratégias Inteligentes para um Turismo Ágil (Eita). Ana Célia, adora contar histórias, viajar e escrever sobre suas experiências de viagens dentro e fora do Brasil e por causa disso criou o blog Minuto Turismo, onde também escreve sobre sustentabilidade, economia criativa, produção associada ao Turismo e sua cadeia produtiva. Simultaneamente, a jornalista atua como assessora de imprensa, bem como desempenha atividades de produção intelectual. Ela é pesquisadora no campo da inovação para o Turismo, seu projeto Guias de Turismo em Rede, foi selecionado para participar do Incoday, junto a outras 13 ideias de projetos de pesquisa e desenvolvimento em colaboração, do Brasil e exterior. O Projeto, ou seja, a plataforma “We Guide” (Solução para contratação do serviço do guia de turismo), também foi selecionada para compor as 12 startups iniciais do Parque Tecnológico Horizontes de Inovação em João Pessoa na Paraíba. Contato: ana@minutoturismo.com.br

Deixe um comentário