NewsTurismo

Seminário Nacional do Programa de Regionalização do Turismo destaca avanços e parcerias no Salão Nacional do Turismo

Encontro promoveu o diálogo entre Instâncias de Governança Regionais e discutiu políticas públicas para impulsionar o setor turístico nacional

Seminário PRT/ Crédito: Pedro França/MTur

Na manhã deste domingo (17/12), o Salão Nacional do Turismo, em Brasília (DF), foi palco do Seminário Nacional do Programa de Regionalização do Turismo (PRT). A abertura do evento, que reuniu autoridades e profissionais do setor para discutir avanços e parcerias, contou com a presença do secretário nacional de Planejamento, Sustentabilidade e Competitividade no Turismo, Milton Zuanazzi.

O Programa de Regionalização do Turismo, construído há 12 anos, foca a gestão descentralizada do setor, estabelecendo diretrizes no sentido de estruturar destinos e diversificar a oferta turística nacional. O evento proporcionou oportunidades de apoio pelo Ministério do Turismo e também estimulou a colaboração entre o poder público, a iniciativa privada e o terceiro setor para impulsionar o fortalecimento do turismo em todo o país.

O secretário Milton Zuanazzi destacou a importância da união de esforços na área. “Esse é o século em que podemos ser protagonistas. Nós, do turismo, temos a oportunidade de sermos protagonistas do desenvolvimento econômico, social, distributivo, integrador desse século, principalmente no Brasil. Sejamos linha de frente no turismo mundial. Esse é o desafio dessa regionalização. Sem vocês, não haverá esse protagonismo. Essa é a tarefa de vocês, e a nossa tarefa é estimular vocês, é estar junto com vocês”, afirmou.

Também presente ao seminário, a coordenadora-geral de Definição de Áreas Estratégicas para o Desenvolvimento do Turismo do Ministério do Turismo, Ana Carla Moura, agradeceu a participação de todos. “A gente nunca vai trabalhar o turismo se a gente não der as mãos mesmo. Eu sempre contei com a Rede de Interlocutores Estaduais do Programa de Regionalização”, enalteceu.

O primeiro painel do encontro abordou o tema “Destinos Turísticos Inteligentes”, conduzido pela diretora de Planejamento, Inteligência, Inovação e Competitividade do MTur, Bárbara Blaudt. O seminário abordou, ainda, temas como o papel da gestão pública no fortalecimento das Instâncias de Governança Regionais e o uso do marketing no posicionamento de regiões turísticas. A reunião contou com depoimentos de finalistas do Prêmio Nacional do Turismo, que teve os vencedores anunciados neste sábado, em Brasília.

PRT+INTEGRADO – O seminário envolveu a apresentação de ações compartilhadas entre o Ministério do Turismo e interlocutores das Instâncias de Governança Regionais, promovidas pelo projeto PRT+Integrado. A iniciativa visa estreitar os laços entre políticas públicas federais, estaduais e municipais, buscando a cooperação e o aprimoramento do turismo nacional.

O presidente da Associação das Prefeituras das Cidades Estância do Estado de São Paulo (APRECESP), Lê Braga, ressaltou avanços a partir da colaboração junto ao MTur. “Através de parcerias com o próprio Ministério, a gente vem fortalecendo essa governança, fazendo com que os municípios se desenvolvam no setor para que a gente possa oferecer um destino melhor para as pessoas que procuram o estado”, apontou.

SALÃO – Retomado após 12 anos, o Salão Nacional do Turismo, que tem entrada gratuita e espera receber cerca de 20 mil pessoas, ocupa um espaço de 26 mil m² na Arena BRB Mané Garrincha, em Brasília (DF) abrangendo cinco grandes eixos: Turismo de Natureza, Turismo Rural, Sol e Praia, Turismo Cultural e Turismo de Tendências. A feira também proporciona ao público conferir várias palestras e debates sobre assuntos relacionados à atividade turística, além de atrações culturais, gastronômicos e musicais.

Promovida pelo Ministério do Turismo em parceria com a Secretaria de Turismo do Distrito Federal, a Embratur, o Banco do Brasil, a Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), o SESC, o SENAC e o Sebrae Nacional, a 7ª edição do Salão conta com a exposição de diversos segmentos da produção associada ao setor, a exemplo da culinária, do artesanato, da agricultura familiar e de manifestações artísticas, entre outras. 

MTur

Ana Celia Macedo
Ana Célia Macêdo é bacharela em Comunicação Social, com habilitação em jornalismo, pela Uninassau João Pessoa (PB) e Teóloga pela Faculdade Internacional Cidade Viva (PB). É membro da Abrajet e da API. Por sete anos foi editora do site de Comunicação para o Turismo e revista O Concierge. Também idealizou e produziu o Fórum Estratégias Inteligentes para um Turismo Ágil (Eita). Ana Célia, adora contar histórias, viajar e escrever sobre suas experiências de viagens dentro e fora do Brasil e por causa disso criou o blog Minuto Turismo, onde também escreve sobre sustentabilidade, economia criativa, produção associada ao Turismo e sua cadeia produtiva. Simultaneamente, a jornalista atua como assessora de imprensa, bem como desempenha atividades de produção intelectual. Ela é pesquisadora no campo da inovação para o Turismo, seu projeto Guias de Turismo em Rede, foi selecionado para participar do Incoday, junto a outras 13 ideias de projetos de pesquisa e desenvolvimento em colaboração, do Brasil e exterior. O Projeto, ou seja, a plataforma “We Guide” (Solução para contratação do serviço do guia de turismo), também foi selecionada para compor as 12 startups iniciais do Parque Tecnológico Horizontes de Inovação em João Pessoa na Paraíba. Contato: ana@minutoturismo.com.br

Deixe um comentário