CotidianoMercado ImobiliárioNews

André Penazzi: confira o empreendedor que está à frente do Setai Grupo GPEmpresa é líder de vendas no segmento de empreendimentos de alto padrão

André Penazzi / divulgação

André Penazzi nasceu em meio à construção civil e está à frente do Setai Grupo GP desde a sua fundação, há 15 anos. A empresa é líder de vendas tanto no segmento de empreendimentos de alto padrão, quanto no programa do governo Minha Casa Minha Vida. Confira abaixo a entrevista do empreendedor, que conta como surgem os empreendimentos da grife e como funciona seu “laboratório de ideias”.

Os projetos do Setai são muito arrojados. Como surge a ideia de um empreendimento? Como tudo começa?
O Setai nasce como um produto do Grupo Guedes Pereira mais exclusivo, e o nascimento dele começa conosco, antes de chegar na arquitetura. Hoje, o grupo tem uma série de linhas para atender a todos os públicos e mercados. Quando identificamos uma área que consideramos ideal para abrigar um empreendimento nosso, damos início ao processo criativo. Então, para ilustrar como pensamos e agimos neste sentido, eu gosto de dar esse exemplo: pensamos numa hiper marca, como a Louis Vuitton. Imagine uma roupa de couro que não tem nenhum defeito. Como é feito o processo de seleção desse material por uma marca dessas? Quando ele identifica o material perfeito, ele não pode ter falhas. Isso é feito num processo manual, onde estas marcas de luxo agregam muito valor ao produto. Então quando encontramos uma área que é unânime, ela é uma área Setai. Então seria como o couro para a Louis Vuitton!

Depois de identificar esse local com tanto critério, como saber qual o empreendimento ideal para estar ali?
Quando adquirimos estas áreas, nós fazemos, em seguida, um laboratório para escolher qual o produto que se adequa a ela. Seguindo o mesmo raciocínio, você tem um pedaço de couro perfeito. Se ele é grande, você pode fazer uma jaqueta. Se ele é pequeno você faz uma bolsa menor. Esse laboratório de ideias também buscamos nas nossas viagens. Uma área montanhosa, por exemplo, ela me lembra uma área que adquirimos em Pipa, que fica em cima de uma falésia, me lembra a Grécia, que é uma região também de falésias, então vamos buscar referências nos hotéis em que nos hospedamos. Se for por exemplo uma área que verticaliza muito, como Altiplano, Bessa, vamos buscar áreas com referências em produtos Miami, Nova Iorque, Frankfurt, Dubai, Qatar, Abu Dhabi, enfim, uma diversidade de lugares que têm empreendimento mais altos. Dessa forma, a gente realmente consegue fazer um produto quase que perfeito para aquela área. É assim que surge um empreendimento Setai.

Como, então, formatar essas ideias para a nossa realidade?
A gente adapta. Por exemplo, buscamos materiais em que haja uma mescla entre os internacionais que trazemos, com os regionais, que lá fora também são reconhecidos como de altíssimo padrão. Porque um material que nós compramos aqui regionalmente tem um preço melhor, já que, lá fora, na exportação, com frete, ele chega caríssimo.

Vocês entregaram em fevereiro o Setai Casas Verticais, que inaugurou esse padrão de luxo triplo A na cidade. Como foi este processo de alavancar este branding, de apresentar a marca como premium?
Na verdade, nós escolhemos fazer um produto que ninguém tinha. O mercado não tinha nem de longe um produto parecido com o Setai, num primeiro momento. Então, ele foi reconhecido, realmente, já como um produto de altíssimo padrão e logicamente a gente traz nele um diferencial de preço. Essa convergência de localização, arquitetura, design e precificação já seleciona o cliente. E nós temos uma abordagem diferente. A gente não faz propaganda em TV ou em outros veículos de massa. É um cliente que é buscado, de alto padrão. É um cliente que é apresentado ao produto. Não é um produto que está na prateleira. Por isso ele é sucesso de vendas. Ele é selecionado por um público bem específico.

Quais as novidades que o Setai pode adiantar?
Nós estamos com projeto de expansão para o Rio Grande do Norte e vamos ter vários lançamentos em diversas áreas de beira-mar de João Pessoa e Cabedelo. Também teremos novidades nas principais áreas do Altiplano Nobre e Bessa, tanto beira-mar, quanto áreas de parques. Vamos entregar, em breve, o Setai Yacht, na beira-mar do Cabo Branco, e, no final do ano, temos mais duas entregas: o Edition, também no Cabo Branco, e o Acquamaris, no Bessa. Além disso, vamos colocar no ar o novo site do grupo GP Setai.

Sobre o Setai: Para conhecer mais sobre o Setai e o Grupo GP, a sede fica localizada na Av. Epitácio Pessoa, 3333 – Miramar, em João Pessoa. Outras informações pelo telefone (83) 3576-9866 ou WhatsApp: (83) 99686-3494. O perfil no Instagram é @setaigroupgp, site: www.grupoguedespereira.com.br e o e-mail: contato@grupoguedespereira.com.br.

Assessoria

Ana Celia Macedo
Ana Célia Macêdo é bacharela em Comunicação Social, com habilitação em jornalismo, pela Uninassau João Pessoa (PB) e Teóloga pela Faculdade Internacional Cidade Viva (PB). É membro da Abrajet e da API. Por sete anos foi editora do site de Comunicação para o Turismo e revista O Concierge. Também idealizou e produziu o Fórum Estratégias Inteligentes para um Turismo Ágil (Eita). Ana Célia, adora contar histórias, viajar e escrever sobre suas experiências de viagens dentro e fora do Brasil e por causa disso criou o blog Minuto Turismo, onde também escreve sobre sustentabilidade, economia criativa, produção associada ao Turismo e sua cadeia produtiva. Simultaneamente, a jornalista atua como assessora de imprensa, bem como desempenha atividades de produção intelectual. Ela é pesquisadora no campo da inovação para o Turismo, seu projeto Guias de Turismo em Rede, foi selecionado para participar do Incoday, junto a outras 13 ideias de projetos de pesquisa e desenvolvimento em colaboração, do Brasil e exterior. O Projeto, ou seja, a plataforma “We Guide” (Solução para contratação do serviço do guia de turismo), também foi selecionada para compor as 12 startups iniciais do Parque Tecnológico Horizontes de Inovação em João Pessoa na Paraíba. Contato: ana@minutoturismo.com.br

Deixe um comentário