NewsTurismo no Brasil

Beach Park retoma operação diária e lança tecnologia de reconhecimento facial

O Beach Park retomou o funcionamento diário neste mês, com diferentes graus de redução da ocupação dos espaços, de forma a garantir os cuidados necessários a um retorno seguro. O parque aquático passa a funcionar todos os dias, operando com 20% de sua capacidade de público, mediante agendamento de ingresso, das 11h às 17h. O público deve agendar o ingresso por meio do site Beach Park ou da Central Vendas (+55 85 4012 3030).

O Restaurante de Praia e o Brava Bubble Lounge acompanham o mesmo funcionamento do parque, atendendo de segunda a domingo, das 10h às 17h, com 50% de sua capacidade de público. Já o Brisa do Mar, restaurante do Aqua Park, funciona apenas aos finais de semana das 11h às 17h, até o fim de julho.

As lojas da Vila Azul do Mar voltaram a funcionar no último dia 2 de julho, atendendo todos os dias, das 10h às 17h. A Pizzaria da Vila, Sorveteria, Tatoo Tererê funcionam de quinta a terça-feira, das 16h às 22h (fechando apenas às quartas-feiras). Já os quatro hotéis do destino: Suítes, Acqua, Wellness e Oceani operam com redução de 80% da capacidade de público.

A retomada de todas as operações do complexo se dá após mais de quatro meses de fechamento. “Continuamos voltando nossos esforços para implementar as melhores tecnologias e seguir todos os protocolos exigidos com o objetivo de oferecer uma experiência tranquila e segura para nossos clientes” afirma Paulo Menezes, diretor de Operações do Beach Park

Reconhecimento facial

O parque implementou como novidade o cartão de consumo por meio do reconhecimento facial. Ao adquirir um cartão consumo nos ATMs do parque e nos check-ins de reservas dos resorts, o cliente recebe um convite por SMS e WhatsApp para realizar o cadastro facial. Nesse momento, é possível relacionar mais de um rosto da família para a mesma conta de consumo.

Ao adquirir produtos em pontos como Beach Burguer, Natureba, Wave Bar e Acqua Mix, o cliente posiciona o rosto em frente da câmera do local e o atendente conclui a venda para o cartão consumo relacionado. “Será possível utilizar uma única conta de consumo de maneira descentralizada entre a família, usando o reconhecimento facial dos membros na hora do pagamento nos pontos de venda de alimentos e bebidas e nos autoatendimentos do parque”, explica Paulo Menezes.

Panrotas

Imagem divulgação Panrotas
Ana Celia Macedo
Bacharela em Comunicação Social, pela Uninassau João Pessoa (PB). É Jornalista especializada em Turismo e membro da Associação Brasileira de Jornalistas e Escritores de Turismo seccional Paraíba (Abrajet PB). Durante sete anos foi editora do site de Comunicação para o Turismo, O Concierge, por onde também lançou a revista com o mesmo nome e idealizou e produziu o Fórum Estratégias Inteligentes para um Turismo Ágil (Eita). Adora contar histórias, viajar e escrever sobre suas experiências de viagens dentro e fora do Brasil e por causa disso criou o blog Minuto Turismo, onde também escreve sobre economia criativa, produção associada ao Turismo e sua cadeia produtiva. Simultaneamente, Ana Célia atua como assessora de imprensa e de comunicação, bem como na produção intelectual, escrevendo textos para livros e revistas, blogs, sites, e-books, podcasts, spots, palestras, copy, cursos on-line, projetos e relatórios. Comprometida com a transformação social e espiritual do ser humano, ano passado, se tornou graduanda em Teologia na Faculdade Internacional Cidade Viva João Pessoa (PB). Contato: ana@minutoturismo.com.br

Deixe um comentário