CulturaNews

Circulador Cultural retorna no próximo domingo com banda Muntchako e DJ Lane Frontt

O projeto Circulador Cultural, realizado pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), está de volta a partir do próximo domingo (27), às 16h, no Centro Cultural Casa da Pólvora. E o retorno acontece em grande estilo com as participações do Grupo Muntchako, do Distrito Federal, e da DJ Lane Frontt. As atrações prometem fazer o público dançar com seus ritmos variados.

“Com o show do Muntchako, estamos voltando às atividades na Casa da Pólvora, que é um equipamento preciosíssimo da Prefeitura de João Pessoa. Sempre estamos mantendo lá shows, exposições, apresentações de culturas populares, e nós voltamos com esse grupo que tem uma vitalidade, uma força musical muito grande”, observa o diretor executivo da Funjope, Marcus Alves.

Ele diz que a Fundação trabalha o conceito de que na Casa da Pólvora devem ser apresentados à cidade elementos sonoros e culturais que sejam capazes de mostrar a força da cultura contemporânea na sua criatividade e expressividade artística.

Segundo Marcus, o Muntchako se enquadra exatamente nesse ambiente de criatividade. “É uma banda que trabalha com hibridismos musicais e culturais muito fortes, juntando experiências sonoras da América do Sul, da África, Brasil e Nigéria. Tem um hibrismo cultural muito intenso nisso que nós valorizamos. Acho que vai ser um show muito bonito e muito significativo na volta das nossas atividades na Casa da Pólvora”, acrescenta. A DJ Lane Frontt, conforme emendou Marcus Alves, é parte dos artistas criativos que traz essa linhagem renovadora da arte e da cultura da cidade.

Ana Maia, que coordena a Casa da Pólvora, afirma que o local vai contar com uma banda que possui um trabalho em nível internacional. Ela comenta que o público poderá contar com um espetáculo musical de grandeza, graças à sensibilidade dos que fazem a gestão da Funjope.

“Mais uma vez, a Casa da Pólvora vai bombar. Que todos sejam bem vindos. Nosso espaço é acolhedor e essa é sempre uma preocupação da equipe. Por isso, todos os eventos são um sucesso”, comemora.

Muntchako – O grupo Muntchako vai apresentar uma mistura de Fela Kuti e Luiz Gonzaga através do projeto ‘Fela dum Gonzaga’, cujo álbum será lançado em 2023, mesclando baião e afrobeat. O trio traz a música instrumental brasileira contemporânea de pista, tem o paraibano Macaxeira Acioli na formação e já lançou os singles ‘Pagode Russo’ e ‘Waka Morena’. A produção local é da Toroh.

“A gente está muito feliz de estar na estrada levando o show ‘Fela dum Gonzaga’ para várias cidades do Brasil, misturando Fela Kuti e Luiz Gonzaga, essas duas grandes entidades da música universal”, destaca Macaxeira Acioli.

Ele diz estar muito feliz em poder fazer esse laço do Rei do Baião com a Paraíba. “Eu, que sou nordestino, paraibano de Campina Grande, estou retornando para casa com uma alegria imensa de rever os amigos, olhar nos olhos e celebrar a vida. Então, domingão, 27 de novembro, a gente ataca na programação da Casa da Pólvora, no Centro Histórico de João Pessoa. É só chegar”, convida.

Além de Macaxeiranos samples, beats e percussão, a banda é formada por Samuel Mota, que comanda guitarra, synths, programações e produção musical; e Rodrigo Barata, na bateria e beats. Além deles, fazem parte do grupo Esdras Nogueira, com o sax barítono, e Juninho Ferreira, na sanfona.

DJ Lane Frontt – Quem também vai fazer o público dançar neste domingo é Lane Frontt. Atuando como DJ há cinco anos, ela gosta de passear pela cultura hip hop paraibana. A artista lidera uma equipe de dancers que, em suas apresentações, leva coreografias e performances únicas para cada evento.

“Estou muito ansiosa. É uma emoção tocar na Casa da Pólvora. Eu e minha equipe estamos contando os dias e preparando algo especial para domingo. Vou com meus dancers e com coreografias feitas com muito amor e carinho”, destaca a DJ.

A equipe da Frontt Produções, da DJ Lane Frontt, é formada por Cauã Castro, Vanessa Tomaz e Amanda Silva. Juntos, eles têm levado muita alegria e entretenimento ao público de João Pessoa.

Ana Celia Macedo
Ana Célia Macêdo é bacharela em Comunicação Social, com habilitação em jornalismo, pela Uninassau João Pessoa (PB) e Teóloga pela Faculdade Internacional Cidade Viva (PB). É membro da Abrajet e da API. Por sete anos foi editora do site de Comunicação para o Turismo e revista O Concierge. Também idealizou e produziu o Fórum Estratégias Inteligentes para um Turismo Ágil (Eita). Ana Célia, adora contar histórias, viajar e escrever sobre suas experiências de viagens dentro e fora do Brasil e por causa disso criou o blog Minuto Turismo, onde também escreve sobre sustentabilidade, economia criativa, produção associada ao Turismo e sua cadeia produtiva. Simultaneamente, a jornalista atua como assessora de imprensa, bem como desempenha atividades de produção intelectual. Ela é pesquisadora no campo da inovação para o Turismo, seu projeto Guias de Turismo em Rede, foi selecionado para participar do Incoday, junto a outras 13 ideias de projetos de pesquisa e desenvolvimento em colaboração, do Brasil e exterior. O Projeto, ou seja, a plataforma “We Guide” (Solução para contratação do serviço do guia de turismo), também foi selecionada para compor as 12 startups iniciais do Parque Tecnológico Horizontes de Inovação em João Pessoa na Paraíba. Contato: ana@minutoturismo.com.br

Deixe um comentário