NewsTurismo

GOL inicia reestruturação financeira na Justiça americana

Companhia utilizará processo de Chapter 11 dos Estados Unidos para fortalecer sua posição financeira

Boeing da Gol Foto: Divulgação

A GOL Linhas Aéreas Inteligentes S.A. (“GOL” ou “Companhia”) (B3: GOLL4 e NYSE: GOL) anuncia hoje que a GOL e suas subsidiárias entraram voluntariamente com pedido de Chapter 11 no Tribunal de Falências dos Estados Unidos para o Distrito Sul de Nova York (Tribunal dos EUA). O Chapter 11 é um processo legal dos Estados Unidos utilizado pelas empresas para levantar capital, reestruturar as finanças e fortalecer operações comerciais no longo prazo, enquanto continuam a operar normalmente.

A GOL inicia o processo legal nos Estados Unidos com um compromisso de financiamento de US$ 950 milhões, na modalidade debtor in possession (“DIP”) por membros do Grupo Ad Hoc de Bondholders da Abra e outros Bondholders da Abra. A Companhia buscará acesso a esse financiamento como parte da audiência do Primeiro Dia com o Tribunal dos EUA, prevista para os próximos dias. O financiamento está sujeito à aprovação judicial e, juntamente com o caixa gerado pelas operações em curso, fornecerá liquidez substancial para apoiar as operações, que seguem normalmente, durante o processo de reestruturação financeira.

Com o suporte do processo supervisionado pelo Tribunal e com a liquidez adicional do financiamento DIP, os voos de passageiros da GOL, os voos de carga da GOLLOG, o programa de fidelidade Smiles e outras operações da Companhia continuam normalmente. A GOL seguirá oferecendo serviços de viagens aéreas seguras, confiáveis e a baixo custo, proporcionando a melhor experiência aos Clientes, que poderão organizar suas viagens da forma que sempre fizeram. O programa Smiles não terá alterações, assim como os acordos de codeshare e interline, que continuarão disponíveis para os Clientes.

“A GOL vem empreendendo esforços significativos para oferecer a melhor experiência de viagem aos Clientes, ao mesmo tempo em que melhorou sua lucratividade e posição financeira”, diz Celso Ferrer, CEO. “Fizemos progressos notáveis até agora e acreditamos que este processo permitirá endereçar os desafios gerados pela pandemia, ao mesmo tempo em que mantemos o elevado padrão dos serviços que oferecemos aos Clientes. Este processo permitirá à GOL expandir ainda mais sua posição como uma das principais companhias aéreas da América Latina, mantendo, ao mesmo tempo, o propósito de ‘Ser a Primeira para Todos’. Estamos confiantes de que as medidas que estão sendo tomadas permitirão que a GOL continue oferecendo tarifas mais baixas com experiências de viagem excepcionais aos Clientes em um número cada vez maior de rotas. Os nossos Colaboradores continuarão conduzindo suas atividades do dia a dia normalmente e zelando pela qualidade e Segurança dos nossos voos. Somos gratos em ter conseguido avançar com compromissos de novo capital que ajudarão nas nossas estratégias de longo prazo, incluindo a melhoria da acessibilidade, da experiência de viagem e da escolha do Cliente”.

A GOL utilizará esse processo para reestruturar suas obrigações financeiras de curto prazo e fortalecer sua estrutura de capital para ter sustentabilidade no longo prazo. A Companhia espera sair desse processo com um investimento significativo de capital, incluindo os novos US$ 950 milhões em financiamento DIP, posicionando-a para expandir sua posição como Companhia aérea líder na América Latina.

Apesar dos desafios de sua estrutura de capital e da menor disponibilidade de aeronaves, o desempenho operacional da GOL continua forte. No 3T23, a GOL entregou um dos melhores resultados operacionais para companhias aéreas da América Latina, e o quarto trimestre consecutivo de margens operacionais altas e consistentes. A receita operacional líquida da Companhia atingiu recorde histórico de R$ 4,7 bilhões, com crescimento de 16,4% na comparação com o mesmo período do ano anterior, principalmente devido à contribuição significativa das receitas vindas das unidades do Programa de Fidelidade Smiles e das operações de carga Gollog, que cresceram juntas um total de 65,1% no 3T23 (vs. 3T22) e totalizaram R$ 412,6 milhões no período. Em dezembro de 2023, a taxa de ocupação atingiu 82,7%, aumento de 4,8% em relação ao mesmo período do ano anterior. Os indicadores operacionais da GOL relacionados à pontualidade, regularidade, taxas de ocupação e uso diário da frota operacional demonstram seu foco em eficiência e produtividade.

Cuidado com os nossos Colaboradores

A GOL seguirá operando normalmente durante o processo de supervisão conduzido pelo Tribunal dos EUA. A Companhia pagará salários e benefícios aos Colaboradores normalmente ao longo desse processo, pois nada mudará nas atividades rotineiras dos nossos Colaboradores.

Protegendo fornecedores e todos os nossos parceiros

Os negócios da GOL continuarão normalmente durante o processo de supervisão conduzido pelo Tribunal dos EUA e a empresa irá honrar compromissos com parceiros comerciais e fornecedores pelos bens e serviços fornecidos no dia ou depois da data do pedido de Chapter 11.

Clientes serão atendidos normalmente

Os Clientes da GOL poderão continuar a organizar viagens e a voar pela Companhia como sempre fizeram, com a utilização de passagens e vouchers. Os Clientes da GOL seguirão acumulando milhas ao voar pela Companhia e poderão comprar e resgatar milhas acumuladas por meio do Smiles. A GOL planeja honrar todas as obrigações com Clientes, incluindo reembolsos de passagens, cupons de viagem e pagamentos ou crédito associados a reclamações de bagagem ou serviços, em conformidade com políticas da empresa em vigor.

Sobre o Chapter 11

O Chapter 11 é um processo judicial nos Estados Unidos, bem estabelecido e flexível para a reestruturação de empresas com operações em múltiplas jurisdições. O processo permite que as empresas fortaleçam a sua posição financeira, enquanto continuam a operar normalmente, sujeitas a supervisão e aprovação do sistema judicial dos Estados Unidos. O processo do Chapter 11 tem sido utilizado com sucesso por muitas companhias aéreas internacionais, incluindo LATAM, United Airlines, Delta, Aeroméxico e Avianca Colômbia.

A GOL está confiante de que este processo atende aos melhores interesses de seus stakeholders, incluindo Colaboradores e Clientes, que continuarão a contar com a oferta de voos acessíveis e seguros, além do melhor serviço.

Informação adicional

Informações adicionais sobre o processo de supervisão judicial da Companhia estão disponíveis em www.GolFirstForAll.com. Os registros judiciais e outras informações relacionadas aos processos estão disponíveis em um site separado administrado pelo agente de reclamações da Companhia, Kroll Restructuring Administration LLC (“Kroll”), em https://cases.ra.kroll.com/GOL, ou ligando para Kroll em 844.553.2247 (EUA/Canadá) (ligação gratuita) ou +1.646.777.2315 (Internacional).

Advisors

Em conexão com seus esforços de reestruturação, a GOL está trabalhando com Milbank LLP para aconselhamento legal, Seabury Securities LLC como consultor financeiro e banco de investimentos e AlixPartners, LLP como consultor financeiro.

Ana Celia Macedo
Ana Célia Macêdo é bacharela em Comunicação Social, com habilitação em jornalismo, pela Uninassau João Pessoa (PB) e Teóloga pela Faculdade Internacional Cidade Viva (PB). É membro da Abrajet e da API. Por sete anos foi editora do site de Comunicação para o Turismo e revista O Concierge. Também idealizou e produziu o Fórum Estratégias Inteligentes para um Turismo Ágil (Eita). Ana Célia, adora contar histórias, viajar e escrever sobre suas experiências de viagens dentro e fora do Brasil e por causa disso criou o blog Minuto Turismo, onde também escreve sobre sustentabilidade, economia criativa, produção associada ao Turismo e sua cadeia produtiva. Simultaneamente, a jornalista atua como assessora de imprensa, bem como desempenha atividades de produção intelectual. Ela é pesquisadora no campo da inovação para o Turismo, seu projeto Guias de Turismo em Rede, foi selecionado para participar do Incoday, junto a outras 13 ideias de projetos de pesquisa e desenvolvimento em colaboração, do Brasil e exterior. O Projeto, ou seja, a plataforma “We Guide” (Solução para contratação do serviço do guia de turismo), também foi selecionada para compor as 12 startups iniciais do Parque Tecnológico Horizontes de Inovação em João Pessoa na Paraíba. Contato: ana@minutoturismo.com.br

Deixe um comentário