Iphan declara por unanimidade Forró como patrimônio imaterial brasileiro

A Associação Cultural Balaio Nordeste, em nome da sua presidente e autora do pedido do registro de certificação das matrizes culturais do forró como patrimônio cultural imaterial brasileiro, Joana Alves, parabeniza aos que de forma direta e indireta contribuíram para esta certificação. O processo foi aberto em 2011 e a definição aconteceu hoje (09) de dezembro, numa reunião extraordinária do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o qual também considerou a expressão musical como “supergênero”. Segundo o Iphan, o forró é considerado assim, por agrupar ritmos e expressões musicais como o baião, o xote, o xaxado, o chamego, o miudinho, a quadrilha e o arrasta-pé.
Viva o forró!
Associação Cultural Balaio Nordeste

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Telegram
Email
X
LinkedIn

Deixe um comentário

Área reservada para anuncio

378 x 296
🎙️MinutoCast