EventosNews

IV Encontro Nacional de Forrozeiros e III Fórum Nacional do Forró de Raiz encerra programação na Usina Cultural Energisa

Encontro Nacional de Forrozeiros e Fórum Forró Raiz / Foto Alice Guimarães
Minuto Turismo

O encerramento do IV Encontro Nacional de Forrozeiros e III Fórum Nacional do Forró de Raiz, acontece hoje (17), às 19h na Energisa, com a presença da orquestra Sanfônica Balaio Nordeste, regida pelo maestro Lucílio Souza, do Forró Encabulado, de Arivaldo Quirino, Forró da Marias, Tamborete de Forró, Geovane Junior e o cordelista Pedro Popoff o Pedro do Cordel.

Desde o último domingo (12) de dezembro, com o início o das programações especiais do Fórum, transcorreram cinco dias do evento que marcou a história da cultura do forró tradicional no Brasil, dado que, na segunda (13), o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), concedeu ao Brasil o Certificado do Registro das Matrizes Tradicionais do Forró, como resultado de pesquisas e do pedido de registro feito ao Iphan, pela presidente da Associação Balaio Nordeste, Joana Aves.

Encontro Nacional de Forrozeiros e Fórum Forró Raiz / Foto Alice Guimarães

Este ano, durante o IV Encontro Nacional de Forrozeiros e III Fórum Nacional do Forró de Raiz aconteceram debates, audiência pública, fóruns, plenárias, atividades em grupo, oficinas e é claro, muito forró. A programação também contou com a entrega simbólica do Registro a Joana Alves.

O Encontro além de homenagear o saudoso Genival Lacerda trouxe uma programação variada com nomes de destaque no cenário do forró racional. Ainda provocou reflexões e discussões para a realização de ações específicas e eficazes em prol das Políticas Públicas da salvaguarda do forró, ampliou as redes de relacionamento entre as comunidades forrozeiras e impulsionou talentos. Também estimulou o desenvolvimento de aptidões artísticas, bem como o sentimento de cidadania e o desenvolvimento artístico-cultural, com base no forró tradicional.

Este ano o Encontro Nacional de Forrozeiros e o Fórum Nacional do Forró, aconteceu de forma híbrida, com transmissão pelas TVs Assembleia e Câmara e pelo YouTube Balaio Nordeste. Presencialmente foi aberto apenas à comunidade forrozeira que veio de todo o Brasil e de países como China, EUA, Canadá e França. Estavam presentes artistas, detentores dos conhecimentos das matrizes do Forró, produtores culturais, comunicadores, pesquisadores e gestores de instituições culturais públicas e privadas.

O evento foi realizado pelo Fórum Nacional Forró de Raiz e pela Associação Cultural Balaio Nordeste, patrocinado pela Energisa e pela Secretaria de Cultura por meio do Governo do Estado da Paraíba. É co-patrocinado pela Fundação Espaço Cultural (Funesc), Empresa Paraibana de Turismo (PbTur), Rádio Tabajara, Empresa Paraibana de Comunicação (EPC), Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP). Tem o apoio da Usina Cultural Energisa, Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa e Extensão em Economia Solidária e Educação Popular da UFPB (Nuplar), Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Instituto Orgulho de Ser Nordestino, Associação Respeita Januário e Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Sobre o Encontro Nacional de Forrozeiros e Fórum de Forró de Raiz

Os eventos nasceram em João Pessoa, capital da Paraíba, com o intuito de proteger, preservar e fomentar o Forró e os seus elementos constituintes tradicionais: os ritmos, as danças, os instrumentos, a formação dos grupos musicais, bem como promover o intercâmbio da comunidade forrozeira e sua cadeia produtiva para debater as condições de produção, circulação e preservação dos ritmos, das danças e das festas que dão forma e sentido a essa expressão cultural identitária da cultura nordestina. Ambos são realizados pela Associação Cultural Balaio Nordeste.

Sobre a Associação Cultural Balaio Nordeste

A Associação, uma organização social sem fins lucrativos, que tem como presidente e fundadora a produtora cultural e autora do pedido de registro das matrizes do forró como patrimônio cultural imaterial do Brasil, Joana Alves. A Associação contribui, por meio da promoção e organização de eventos culturais, de educação, de lazer e de entretenimento para a valorização, a divulgação, a preservação da cultura popular e o incremento do turismo local, com base nos princípios do desenvolvimento sustentável. Também promove e estimula a produção artística brasileira, especificamente, a nordestina, recorrendo à valorização dos recursos humanos e conteúdos locais. A entidade promove ainda, cursos e atividades nas áreas de formação profissional, cultural, educacional e social para associados e para o público em geral.

Serviço:

IV Encontro Nacional de Forrozeiros e III Fórum Nacional do Forró de Raiz, de 3 a 17 de dezembro de 2021. Assista pelo canal Balaio Nordeste no YouTube


Minuto Turismo
Ana Celia Macedo
Bacharela em Comunicação Social, pela Uninassau João Pessoa (PB). É Jornalista especializada em Turismo e membro da Associação Brasileira de Jornalistas e Escritores de Turismo seccional Paraíba (Abrajet PB). Durante sete anos foi editora do site de Comunicação para o Turismo, O Concierge, por onde também lançou a revista com o mesmo nome e idealizou e produziu o Fórum Estratégias Inteligentes para um Turismo Ágil (Eita). Adora contar histórias, viajar e escrever sobre suas experiências de viagens dentro e fora do Brasil e por causa disso criou o blog Minuto Turismo, onde também escreve sobre economia criativa, produção associada ao Turismo e sua cadeia produtiva. Simultaneamente, Ana Célia atua como assessora de imprensa e de comunicação, bem como na produção intelectual, escrevendo textos para livros e revistas, blogs, sites, e-books, podcasts, spots, palestras, copy, cursos on-line, projetos e relatórios. Comprometida com a transformação social e espiritual do ser humano, ano passado, se tornou graduanda em Teologia na Faculdade Internacional Cidade Viva João Pessoa (PB). Contato: ana@minutoturismo.com.br

Deixe um comentário