NewsTurismoUncategorized

Machu Picchu Brasil revela aumento da demanda pelo destino Peru

Para 100% das agências de viagens entrevistadas no Brasil, é fácil comprar uma viagem oferecida pela Machu Picchu Brasil.

Divulgação

A reabertura das fronteiras no Peru, a partir do dia 15 de fevereiro de 2023, gerou aumento de 32% na procura pelo destino, em relação a primeira quinzena. Em março, a demanda continua aquecida, além das expectativas. De acordo com Michelle Lemes, porta-voz da operadora, há fatores identificados que contribuíram para a elevação expressiva. Com a participação da operadora na ABAV Travel, a tendência é ampliar ainda mais a venda de viagens para o destino.

Um dos fatores apontados relacionado à parcela da demanda reprimida, que planejava visitar o Peru. Superada a crise política que conturbou o país vizinho, muitos candidatos a viajantes voltaram a fazer contato com as agências de viagens clientes da operadora.

Outro fator relevante deve-se à ampliação da rede de agências de viagens atendidas pela Machu Picchu Brasil, interessadas em atender a demanda espontânea, gerada pelo destino mesmo durante o fechamento da fronteira, que teve início dia 21 de janeiro.

O terceiro fator está relacionado com os resultados da pesquisa de satisfação realizada pela Machu Picchu Brasil com agentes de viagens. Sondagem apresentou indicadores de elevada e crescente satisfação com o modelo de negócio diferenciado e adotado com pioneirismo pela operadora.

Luiz Victor, proprietário da Agência Day Off, ressalta a qualidade dos produtos e serviços prestados pela Machu Picchu Brasil – antes, durante e após a viagem. “O fato de ser uma empresa 100% dedicada ao destino Peru, com estrutura no Brasil e no receptivo, faz uma grande diferença”, enfatiza Luiz Victor.

A pesquisa

A operadora Machu Picchu Brasil realizou sondagem, em janeiro/23, junto às agências de viagens que comercializam seus produtos turísticos para o Peru. A pesquisa foi realizada pelo time de Customer Experience e apresentada em reunião para as lideranças durante o Comitê Pax em Foco – reunião mensal da empresa para avaliar e discutir as necessidades dos clientes.

A amostra foi formada a partir do envio de e-mails para as agências de viagens que realizaram vendas de roteiros da Machu Picchu Brasil no ano de 2022 e obteve 12% de respondentes – o que supera a média de 5% em sondagens de satisfação realizadas no mercado com sucesso amostral.

A pesquisa revelou elevado grau de satisfação das agências parceiras, independentemente do porte e região do Brasil onde estão localizadas. Para 85% dos respondentes, o principal motivo de suas agências optarem pela Machu Picchu Brasil está na ‘especialização no destino’. E 100% deles declararam estar satisfeitos com os serviços prestados pela Machu Picchu Brasil.

A reabertura das fronteiras no Peru, a partir do dia 15 de fevereiro de 2023, gerou aumento de 32% na procura pelo destino, em relação a primeira quinzena. Em março, a demanda continua aquecida, além das expectativas. De acordo com Michelle Lemes, porta-voz da operadora, há fatores identificados que contribuíram para a elevação expressiva. Com a participação da operadora na ABAV Travel, a tendência é ampliar ainda mais a venda de viagens para o destino.

Um dos fatores apontados relacionado à parcela da demanda reprimida, que planejava visitar o Peru. Superada a crise política que conturbou o país vizinho, muitos candidatos a viajantes voltaram a fazer contato com as agências de viagens clientes da operadora.

Outro fator relevante deve-se à ampliação da rede de agências de viagens atendidas pela Machu Picchu Brasil, interessadas em atender a demanda espontânea, gerada pelo destino mesmo durante o fechamento da fronteira, que teve início dia 21 de janeiro.

O terceiro fator está relacionado com os resultados da pesquisa de satisfação realizada pela Machu Picchu Brasil com agentes de viagens. Sondagem apresentou indicadores de elevada e crescente satisfação com o modelo de negócio diferenciado e adotado com pioneirismo pela operadora.

Luiz Victor, proprietário da Agência Day Off, ressalta a qualidade dos produtos e serviços prestados pela Machu Picchu Brasil – antes, durante e após a viagem. “O fato de ser uma empresa 100% dedicada ao destino Peru, com estrutura no Brasil e no receptivo, faz uma grande diferença”, enfatiza Luiz Victor.

A pesquisa

A operadora Machu Picchu Brasil realizou sondagem, em janeiro/23, junto às agências de viagens que comercializam seus produtos turísticos para o Peru. A pesquisa foi realizada pelo time de Customer Experience e apresentada em reunião para as lideranças durante o Comitê Pax em Foco – reunião mensal da empresa para avaliar e discutir as necessidades dos clientes.

A amostra foi formada a partir do envio de e-mails para as agências de viagens que realizaram vendas de roteiros da Machu Picchu Brasil no ano de 2022 e obteve 12% de respondentes – o que supera a média de 5% em sondagens de satisfação realizadas no mercado com sucesso amostral.

A pesquisa revelou elevado grau de satisfação das agências parceiras, independentemente do porte e região do Brasil onde estão localizadas. Para 85% dos respondentes, o principal motivo de suas agências optarem pela Machu Picchu Brasil está na ‘especialização no destino’. E 100% deles declararam estar satisfeitos com os serviços prestados pela Machu Picchu Brasil.

Ana Celia Macedo
Ana Célia Macêdo é bacharela em Comunicação Social, com habilitação em jornalismo, pela Uninassau João Pessoa (PB) e Teóloga pela Faculdade Internacional Cidade Viva (PB). É membro da Abrajet e da API. Por sete anos foi editora do site de Comunicação para o Turismo e revista O Concierge. Também idealizou e produziu o Fórum Estratégias Inteligentes para um Turismo Ágil (Eita). Ana Célia, adora contar histórias, viajar e escrever sobre suas experiências de viagens dentro e fora do Brasil e por causa disso criou o blog Minuto Turismo, onde também escreve sobre sustentabilidade, economia criativa, produção associada ao Turismo e sua cadeia produtiva. Simultaneamente, a jornalista atua como assessora de imprensa, bem como desempenha atividades de produção intelectual. Ela é pesquisadora no campo da inovação para o Turismo, seu projeto Guias de Turismo em Rede, foi selecionado para participar do Incoday, junto a outras 13 ideias de projetos de pesquisa e desenvolvimento em colaboração, do Brasil e exterior. O Projeto, ou seja, a plataforma “We Guide” (Solução para contratação do serviço do guia de turismo), também foi selecionada para compor as 12 startups iniciais do Parque Tecnológico Horizontes de Inovação em João Pessoa na Paraíba. Contato: ana@minutoturismo.com.br

Deixe um comentário