NewsTurismo

Paraíba tem novo Mapa da Regionalização do Turismo com 60 municípios em 11 regiões

divulgação

A edição 2024 do Mapa da Regionalização do Turismo paraibano tem 60 municípios distribuídos em 11 regiões turísticas, que em breve contarão com mais duas, contemplando cerca de 20 cidades no Litoral Norte e no Vale do Piancó. O mapa foi apresentado em Campina Grande junto com a nova logomarca do Programa do Turismo da Paraíba, durante o lançamento do Paraíbe-se.

No Mapa, as regiões que concentram maior número de cidades são o  Brejo, com 13 no total, entre elas Alagoa Nova, Areia, Bananeiras, Solânea e outras; o Cariri figura com 10 municípios, a exemplo de Cabaceiras com o famoso Lajedo do pai Mateus, Monteiro, Taperoá, Boqueirão, entre outros; o Vale do Paraíba com oito, entre eles Ingá da famosa pedra das Itacoatiaras, Itabaiana, Itatuba, Natuba e outros; o Vale dos Dinossauros, com seis, a principal delas Sousa, além de Monte Horebe, Poço de José de Moura entre outras; o Vale dos Sertões que conta com seis, entre elas Maturéia, onde está localizado o conhecido Pico do Jabre, Brejo do Cruz, Santa Luzia e outras cidades; e a Serra da Borborema, que tem cinco cidades, a exemplo de Campina Grande, a cidade do Maior São João do Mundo, indutora do roteiro Paraíbe-se.

Entre as regiões turísticas que também se destacam estão o Curimataú, que tem as cidades de Tacima e Araruna, onde está localizada a Pedra da Boca, o Forum Regional de Turismo Sustentável do Seridó e o Vale do Mamanguape, além das regiões de cidades litorâneas: Costa das Falésias e Rota Sanhauá.

O mapa é um importante instrumento para as prefeituras buscarem apoio na divulgação dos roteiros e recursos por meio do Programa de Regionalização do Turismo. Confira o mapa no link: https://www.mapa.turismo.gov.br/mapa/init.html#/home  

O presidente da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Ferdinando Lucena, disse que os municípios que estão no mapa têm o compromisso de priorizar o turismo. “Figurar no novo Mapa do Turismo da Paraíba significa que o município assumiu o importante compromisso com o Ministério do Turismo, com o Governo do Estado e com a sua população, de priorizar e desenvolver o turismo no seu município e na sua região turística. Este redimensionamento vai contribuir para melhorar a nossa capacidade de atuar de forma coordenada com as regiões turísticas para investir, desenvolver e consolidar novos produtos e destinos turísticos”.

De acordo com a secretária de Estado do Turismo e Desenvolvimento Econômico, Rosália Lucas, a nova configuração do mapa traduz a evolução conquistada com o trabalho. “Estamos com estas cidades e outras tantas em processo de ingresso, o que ressalta ainda mais a importância de projetos como o Paraíbe-se, com foco na integração e fortalecimento da interiorização do turismo. Só figuram no mapa os lugares que comprovaram ter no turismo uma política pública central para o desenvolvimento da região da qual fazem parte”.

O diretor de Turismo da Sedte e interlocutor estadual, Miguel Ângelo, falou sobre as ações de estímulo à entrada de mais cidades ao mapa. “A Paraíba agora passará a contar com um programa de regionalização e interiorização próprio, com critérios que atendam às necessidades específicas do nosso estado com os mesmos princípios e diretrizes do programa nacional, em linha com a Lei Geral do Turismo nº 11.771 e a Portaria nº 41 do Ministério do Turismo. Com o apoio do Sebrae, nós estamos potencializando ainda mais a entrada de novas cidades e a formalização de Fóruns que estão se tornando Associações aptas a receber apoios para o desenvolvimento integrado e descentralizados dessas regiões”.

O secretário executivo do Turismo, Delano Tavares comemorou a ampliação dos municípios paraibanos no mapa e destacou as próximas novidades. “Um dos objetivos do Programa de Regionalização e Interiorização do Turismo Paraibano (PRIT-PB) é trazer todas as cidades do litoral paraibano de volta para o mapa, de modo que todas estejam aptas a compor programas governamentais, especialmente as que fazem parte do litoral norte, que serão diretamente beneficiadas com os investimentos do governo, como a Ponte para o Futuro, ligando Cabedelo, Santa Rita e Lucena”.

Prazo para atualização – Com o advento do sistema nacional do mapa turístico, as atualizações passaram a ser semanais. Embora no Ministério do Turismo os interlocutores estaduais e regionais tenham 45 dias para análise da documentação, as atualizações têm ocorrido todas as sextas-feiras por diligência da rede em parceria com MTur.

A equipe da Setde ressalta que cerca de 75% dos municípios que estão no mapa terão os certificados expirados em março e os interlocutores regionais e municipais precisam sensibilizar os gestores encaminharem novamente a documentação necessária para a atualização no mapa.

A Paraíba ainda adota os mesmos critérios da Portaria nº 41 do Ministério do Turismo, (https://www.gov.br/turismo/pt-br/centrais-de-conteudo-/publicacoes/atos-normativos-2/2021-1/portaria-mtur-no-41-de-24-de-novembro-de-2021 ), mas ainda em 2024 será realizada uma seleção das cidades mais bem avaliadas e ranqueadas para compor uma plataforma específica para promoção dos atrativos turísticos da Paraíba, com critérios mais rigorosos.

PBTur

Ana Celia Macedo
Ana Célia Macêdo é bacharela em Comunicação Social, com habilitação em jornalismo, pela Uninassau João Pessoa (PB) e Teóloga pela Faculdade Internacional Cidade Viva (PB). É membro da Abrajet e da API. Por sete anos foi editora do site de Comunicação para o Turismo e revista O Concierge. Também idealizou e produziu o Fórum Estratégias Inteligentes para um Turismo Ágil (Eita). Ana Célia, adora contar histórias, viajar e escrever sobre suas experiências de viagens dentro e fora do Brasil e por causa disso criou o blog Minuto Turismo, onde também escreve sobre sustentabilidade, economia criativa, produção associada ao Turismo e sua cadeia produtiva. Simultaneamente, a jornalista atua como assessora de imprensa, bem como desempenha atividades de produção intelectual. Ela é pesquisadora no campo da inovação para o Turismo, seu projeto Guias de Turismo em Rede, foi selecionado para participar do Incoday, junto a outras 13 ideias de projetos de pesquisa e desenvolvimento em colaboração, do Brasil e exterior. O Projeto, ou seja, a plataforma “We Guide” (Solução para contratação do serviço do guia de turismo), também foi selecionada para compor as 12 startups iniciais do Parque Tecnológico Horizontes de Inovação em João Pessoa na Paraíba. Contato: ana@minutoturismo.com.br

Deixe um comentário