CulturaNews

São Paulo: Confraria do Pasmado traz aquecimento global como tema e anuncia datas para o Carnaval 2024

Tradicional bloco da Vila Madalena celebrará "o carnaval mais quente da história", sem deixar de alertar para os impactos das mudanças climáticas. Desfile ocorre no domingo, 4 de fevereiro

Confraria do Pasmado / Bruno Santos / FolhaPress

A Confraria do Pasmado, tradicional bloco da Vila Madalena, traz para a Rua dos Pinheiros uma celebração repleta de surpresas para o carnaval mais quente da história, com o tema “Pasmado 40 graus”. O desfile de 2024 vai chamar atenção para os efeitos cada vez mais claros do aquecimento global. A Bateria Impermeável, conhecida por tocar mesmo embaixo de chuva, brinca que irá “incendiar a Rua dos Pinheiros” e trazer calor aos corações carnavalescos.

Para 2024, o bloco apresentará um repertório renovado, incorporando músicas de artistas que ajudaram a consolidar o desfile do Pasmado como uma grande homenagem à Musica Popular Brasileira nas suas diversas vertentes. Os foliões podem esperar canções de nomes consagrados da MPB como Caetano Veloso, Chico Buarque, Gal Costa, Gilberto Gil, Maia Bethânia, Milton Nascimento e Mutantes, com releituras de clássicos como ‘Maria Maria’, ‘Águas de Março’, ‘Divino Maravilhoso’, ‘Espumas ao Vento’, ‘Panis et Circenses’ e ‘Roda Viva'”.

A Confraria do Pasmado também é famosa por seus sambas autorais, que falam de forma irreverente e crítica sobre grandes discussões que estão ocorrendo na sociedade. Músicas como “Plutão” e “O mundo não vai acabar” fazem sucesso e estão na boca dos foliões há mais de uma década. Em 2023, o bloco emplacou mais um hit, na celebração de seus 20 anos, num enredo composto logo após o dia 8 de janeiro: “Me dá um beijo impresso / Que eu tô vacinado / Invade o meu Congresso / São 20 anos Confraria do Pasmado”.

“O Carnaval tem esse aspecto de tratar com uma dose de humor, de escracho, assuntos que nem sempre são agradáveis. É uma forma de alertar para os problemas que são sérios, mas com um olhar mais irreverente”, afirma Bruno Ferrari, diretor da Confraria do Pasmado. “Em 2024, com todos os eventos extremos que temos visto ao redor do mundo, decidimos trazer para o centro do nosso enredo o aquecimento global. Será o nosso purgatório da beleza e do caos”.

Cuidado com o público

Historicamente, a Confraria do Pasmado procura tomar uma série de medidas para que sua passagem pelas ruas seja a mais tranquila possível. Neste ano, além de toda a estrutura de limpeza, bombeiros civis e ambulâncias, o bloco fará pausas para incentivar a hidratação e o autocuidado dos foliões. “Compusemos até uma marchinha que tocará em alguns momentos ao longo do desfile para lembrar o público que é hora de tomar água e passar o protetor solar”, afirma Ferrari. “É uma forma de a gente se divertir, ao mesmo tempo em que lembramos que o carnaval do aquecimento global exige cuidados”.

Esquenta para a festa

Para quem quiser ter uma prévia do desfile, a Confraria promove no próximo dia 24 de janeiro, terça-feira, na Casa Natura, o seu Grito de Carnaval. A festa celebra os 21 anos do bloco, formado por amigos da Zona Oeste de São Paulo que em comum têm a paixão pelo samba e pelos blocos de rua.

Uma das grandes marcas da Confraria do Pasmado é a Bateria Impermeável e seus cerca de 100 integrantes. Liderada pela maestra Marília Vicentini, a bateria traz linhas de surdo, caixa, repique, tamborim, agogô, xequerê e timbal. A banda Filhos de Plutão é liderada por Bia Sá e Eduardo Piagge, com arranjos criados pelo cavaquinista e maestro Deni Domênico.

Em 2024, o Pasmado tem como patrocinadores a Needs, marca de produtos de beleza do grupo Raia Drogasil, que apresenta o bloco, além de Takis, marca de salgadinho do grupo Bimbo e a Hering.

Assessoria

Ana Celia Macedo
Ana Célia Macêdo é bacharela em Comunicação Social, com habilitação em jornalismo, pela Uninassau João Pessoa (PB) e Teóloga pela Faculdade Internacional Cidade Viva (PB). É membro da Abrajet e da API. Por sete anos foi editora do site de Comunicação para o Turismo e revista O Concierge. Também idealizou e produziu o Fórum Estratégias Inteligentes para um Turismo Ágil (Eita). Ana Célia, adora contar histórias, viajar e escrever sobre suas experiências de viagens dentro e fora do Brasil e por causa disso criou o blog Minuto Turismo, onde também escreve sobre sustentabilidade, economia criativa, produção associada ao Turismo e sua cadeia produtiva. Simultaneamente, a jornalista atua como assessora de imprensa, bem como desempenha atividades de produção intelectual. Ela é pesquisadora no campo da inovação para o Turismo, seu projeto Guias de Turismo em Rede, foi selecionado para participar do Incoday, junto a outras 13 ideias de projetos de pesquisa e desenvolvimento em colaboração, do Brasil e exterior. O Projeto, ou seja, a plataforma “We Guide” (Solução para contratação do serviço do guia de turismo), também foi selecionada para compor as 12 startups iniciais do Parque Tecnológico Horizontes de Inovação em João Pessoa na Paraíba. Contato: ana@minutoturismo.com.br

Deixe um comentário