NewsTurismo

Turismo corporativo supera em 11,6% período pré-pandemia em setembro

Segmento já faturou em 2022 mais de R$ 8,13 bilhões, com destaque para o setor aéreo

Crédito: Arquivo MTur

O setor de viagens corporativas superou em 11,6% o período pré-pandemia no país no terceiro trimestre deste ano. A constatação é da Associação Brasileira das Agências de Viagens Corporativas (Abracorp) em relatório divulgado nesta quinta-feira (27.10). O segmento, um dos mais rentáveis para o Brasil, contabilizou um faturamento de R$ 3,3 bilhões entre os meses de julho e setembro contra R$ 2,9 bilhões no mesmo período de 2019. De janeiro a setembro, o setor já faturou R$ 8,13 bilhões.

Entre os responsáveis pelo bom resultado no período estão os transportes aéreo e rodoviário e as locadoras de veículos. O primeiro contabilizou mais de 65% do total faturado no terceiro trimestre de 2022, com R$ 2,2 bilhões. Já o setor rodoviário teve um incremento de 140% no período quando comparado à 2019, totalizando mais de R$ 6,9 milhões. O relatório também trouxe dados relativos ao mês de setembro, onde foram faturados mais de R$ 1,1 bilhão, valor maior que o contabilizado no mesmo mês de 2019 (R$ 996 milhões).

Dados da Pesquisa Nacional de Domicílios (PNAD), realizada pelo Ministério do Turismo e o IBGE, apontam que as viagens corporativas representaram 14,6% das viagens realizadas no ano de 2021 dentro do país. O carro particular ou da empresa foi o principal meio de veículo para locomoção deste tipo de viagem, correspondendo a 56,7% delas. Além disso, a pesquisa ainda mostrou que 28,3% dos viajantes se hospedaram em hotéis, resorts ou flats no período.

Do lado internacional, o Ministério do Turismo aponta que, em 2019, o turismo de negócio foi o segundo principal motivo da vinda de estrangeiros para o Brasil. Do número total, 15,4% visitaram o país com esta finalidade. Entre os destinos mais procurados estão São Paulo (49,2%), Rio de Janeiro (19,1%), Curitiba (4,8%), Porto Alegre (3,4%) e Brasília (3,2%). O gasto médio per capita desses viajantes, por dia, foi de US 77,39.

Ana Celia Macedo
Ana Célia Macêdo é bacharela em Comunicação Social, com habilitação em jornalismo, pela Uninassau João Pessoa (PB) e Teóloga pela Faculdade Internacional Cidade Viva (PB). É membro da Abrajet e da API. Por sete anos foi editora do site de Comunicação para o Turismo e revista O Concierge. Também idealizou e produziu o Fórum Estratégias Inteligentes para um Turismo Ágil (Eita). Ana Célia, adora contar histórias, viajar e escrever sobre suas experiências de viagens dentro e fora do Brasil e por causa disso criou o blog Minuto Turismo, onde também escreve sobre sustentabilidade, economia criativa, produção associada ao Turismo e sua cadeia produtiva. Simultaneamente, a jornalista atua como assessora de imprensa, bem como desempenha atividades de produção intelectual. Ela é pesquisadora no campo da inovação para o Turismo, seu projeto Guias de Turismo em Rede, foi selecionado para participar do Incoday, junto a outras 13 ideias de projetos de pesquisa e desenvolvimento em colaboração, do Brasil e exterior. O Projeto, ou seja, a plataforma “We Guide” (Solução para contratação do serviço do guia de turismo), também foi selecionada para compor as 12 startups iniciais do Parque Tecnológico Horizontes de Inovação em João Pessoa na Paraíba. Contato: ana@minutoturismo.com.br

Deixe um comentário