Turismo Rural como ferramenta de mudança da realidade alimentar é debate na Ruraltur

O turismo rural como estratégia para garantir o desenvolvimento sustentável no empreendedorismo no campo. É sobre isso que a presidente do Instituto Brasil Rural, Andreia Roque, vai discutir durante a palestra de tema “Turismo Rural na Agenda 2030 – Para mudar a realidade da insegurança alimentar no Brasil”, que será proferida durante a Feira Internacional de Turismo Rural do Brasil (Ruraltur), que chega a sua 18ª edição em 2022.

De acordo com a palestrante, o turismo rural brasileiro ocupa um papel estratégico de promoção na cultura empreendedora do campo e no desenvolvimento de um ambiente igualitário saudável. Dessa forma, avaliou que é possível pensar em uma estratégia que envolva novos desafios alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030, como o ODS relativo à Fome Zero e Agricultura Sustentável. “É importante pensar nisso, principalmente em um momento em que o país soma cerca de 33,1 milhões de pessoas sem ter o que comer diariamente, segundo os dados do 2º Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19 no Brasil”, afirmou.

Para a presidente do Instituto Brasil Rural, o turismo rural deve assumir uma lógica diferenciada que valorize o turismo em empreendimentos rurais cujo comportamento em relação às questões ambientais, sociais e de governança sejam colocadas em primeiro plano. Durante a palestra, a especialista deverá abordar conceitos como Rural Interpretativo e Regenerativo, que incorpora, também, os conceitos de Agricultura Regenerativa e de Turismo Rural Interpretativo e Regenerativo (TRIR).

“Tais conceitos têm o intuito de contribuir para mudar a forma como as pessoas pensam e agem para alcançarmos, assim, o utópico futuro comum. A adoção de princípios do TRIR permite trazer para mesa de discussão questões que, além de serem fatores cruciais para o bem da sociedade, manutenção do planeta e construção de um mundo melhor, afetam diretamente os resultados das empresas de turismo rural e, consequentemente, do mundo produtivo rural. Com isso, pretendemos além de trazer o tema à pauta, promover a competitividade dos pequenos negócios que atuam no turismo rural, fomentando o empreendedorismo com sustentabilidade, inovação e criatividade, gerando não só novos conhecimentos como novas oportunidades de negócios”, destacou.

Ruraltur – A Feira Internacional de Turismo Rural do Brasil, tem o objetivo de promover a competitividade dos pequenos negócios que atuam no turismo rural, fomentando o empreendedorismo com sustentabilidade, inovação e criatividade. Realizada pela primeira vez em 2005 pelo Sebrae/PB, o evento passou a ser itinerante desde 2015.

Nesta edição, a Ruraltur será realizada em Bananeiras, no período de 8 a 10 de setembro, e terá, na programação, o Seminário de Turismo Rural, com palestras que abordarão temas como sustentabilidade, turismo de experiência, rotas turísticas, ecoturismo e economia criativa, entre outros.

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Telegram
Email
X
LinkedIn

Deixe um comentário

Área reservada para anuncio

378 x 296
🎙️MinutoCast